2

Resenha: O Segredo do Meu Marido

on 10:12 in
O Segredo do Meu MaridoCecilia Fitzpatrick parece viver um sonho. Casada com o belo John-Paul, tem três filhas, uma agenda social repleta de atividades das coisas que coordena e ainda tem tempo para ser uma espécie de fenômeno de vendas de Tupperware. Para quem está de fora, sua vida é perfeita e admirável.
Mas ela gostaria de um pouquinho mais de emoção… Ou pelo menos achava que sim. Sem querer ela encontra no sótão um envelope com seu nome e uma anotação dizendo que só deve ser aberto após a morte de seu marido, o próprio autor da carta.
Centrada e respeitando a vontade de John-Paul, Cecilia resiste ao impulso de descobrir o que ele escreveu – pelo menos até ele agir de forma estranha e despertar mil suspeitas em sua cabeça. Só que o conteúdo da carta está muito longe de ser qualquer coisa que ela pudesse imaginar.
Dividindo um segredo obscuro que pode mudar (e destruir) a vida de outras pessoas, o casal passa a viver no limite, tentando equilibrar-se nas três filhas para não desmoronar. E aqui preciso dizer que surtei com a extrema demora para a abertura da carta, foi algo agoniante e que podia ter sido feito antes – quer dizer, EU teria feito antes.
Além dos Fitzpatrick, conhecemos Tess, uma mulher feliz, casada com um cara ótimo, com um lindo filhinho pequeno, Liam, e um negócio próprio que caminha bastante bem. Sócia do marido e da prima/melhor amiga (e ex-gordinha), ela é pega completamente de surpresa com uma notícia bombástica em algo que imaginou ser apenas mais uma reunião de negócios.
De uma hora pra outra ela se vê voando para sua cidade natal, dividindo a casa com a mãe e Liam, além de reencontrando pessoas de seu passado, de uma época que ela acreditava ter ficado para trás.
A terceira ponta desse triângulo principal é Rachel, uma viúva que trabalha no colégio da vizinhança, teve a filha adolescente assassinada há muitos anos e nunca se recuperou. Avó do pequeno Jacob, sente-se completamente devastada quando o filho anuncia que vão se mudar para Nova York por conta do emprego da esposa.
Sem nunca conseguir se livrar do fantasma da morte de Janie, Rachel segue levando a vida da melhor maneira que consegue. Pelo menos até encontrar um indício que pode provar que o bonito professor de educação física tem mesmo participação no assassinato – como ela sempre suspeitou.
Sendo narrado em terceira pessoa e revezando os pontos de vista das três mulheres – além de flashbacks de Janie -, o livro demora a te mostrar a ligação entre as personagens. Ao mesmo tempo, ficamos tão envolvidos e intrigados que é bastante difícil largar até chegar ao final.
A autora, de alguma forma, conseguiu unir todas as pontas soltas, criando uma história instigante e plausível. Mesmo não tendo gostado ou concordado com diversas atitudes de mais de um personagem, conseguia facilmente entender porque escolheram aquela caminho.
O suspense, em certo momento, deixa de ser o conteúdo da carta e passa a ser as consequências daquele segredo. Ao mesmo tempo, temos os mistérios do assassinato e dos rumos da vida de Tess para serem resolvidos. Então, por mais que NÓS saibamos dos fatos, os personagens não têm a mínima ideia! E acompanhar o desenrolar para saber se vão ou não descobrir foi muito legal.
 O livro não é nada de outro mundo, mas agradável o suficiente para me permitir recomendá-lo. História instigante, personagens realistas e bem construídos, além de uma narrativa que me deixou grudada nas páginas de curiosidade. Para quem gosta de suspense com boas doses dramáticas, O Segredo do Meu Marido é uma boa pedida.

|

2 Comments


Nossa, que história louca HAHAHAH eu me perdi no meio da resenha. Você me deixou bem curiosa. Quando li a parte da carta e pensei “ai meu deus, ela não vai falar o que tem na carta” e fiquei curiosa, óbvio.
Acho que vou ler só pra poder descobrir o que tem na carta hahahahaha

Beijos!
Malu Centin


Parece um livro super bom, quero ler.

http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Copyright © 2009 ENTRE LINHAS All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates