1

Resenha: Noites de Tormenta

on 11:50 in
Adrienne Willis se vê obrigada a repensar sua vida quando o marido a abandona por uma mulher mais nova. Aos 45 anos e com três filhos, vê a oportunidade de esfriar um pouco a cabeça e deixar os problemas de lado quando uma amiga pede para que cuide de sua pousada em Rodanthe.

O Dr. Paul Flanner, aos 54 anos, é um cirurgião plástico extremamente reconhecido e famoso em sua área. Por ter passado tempo demais se dedicando à profissão, Paul não percebe quando perde de vez seu filho e mal acredita quando sua esposa decide deixá-lo. Para completar, a morte inexplicada de uma paciente em sua mesa de cirurgia torna tudo ainda mais confuso… Decidido a atender um pedido do viúvo, Paul vai até Rodanthe para encontrá-lo.

Tcharam! Ela em Rodanthe, ele em Rodanthe… CLARO que eles se encontram. A primeira vez que ele a vê, quando chega à pousada, ela está chorando. Ainda assim ele tem certeza de nunca ter visto mulher mais linda. A impressão de Adrienne sobre o distinto cirurgião também não podia ser melhor.

Juntos, compartilham a pequena pousada durante uma tempestade – daí o título Noites de Tormenta, em português, e Nights in Rodanthe, no original. Aos poucos cada um deles vai se redescobrindo, vemos o despertar de novas pessoas… Ou melhor, o despertar de uma nova face das mesmas pessoas.

Em um momento da vida em que nenhum deles esperava se apaixonar, nas conversas cúmplices, nos pequenos gestos, naquela convivência do dia a dia surge um amor tão lindo que você não tem como não suspirar. E a abordagem de Nicholas de um tema tão delicado para alguns – como a própria protagonista – que é o amor na meia-idade só torna tudo ainda mais bonito.

Suas vidas eram diferentes, suas relações com os filhos eram diferentes, o fim de seus casamentos foi diferente, mas de alguma forma Paul e Adrienne encontraram algo que os unia. Para sempre.

Em cerca de 170 páginas vemos nascer um relacionamento e acompanhamos seu desdobramento futuro. Algo assim não pode ser esquecido. Não dá. E é em uma conversa com sua filha Amanda que Adrienne nos mostra isso.

Como todos os livros do Nicholas que li até agora… SUPER recomendo. Não quis falar muito pra não revelar detalhes e acabei focando só na narrativa principal, mas os desdobramentos, as histórias paralelas, são tão fascinantes quanto o romance de Adrienne e Paul.

|

1 Comments


Eu quero ler o livro, já li outros do autor e gostei.

bj

http://nandaaflordapele.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Copyright © 2009 ENTRE LINHAS All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates